Demitido? Saiba o que fazer para não se endividar

O desemprego ainda continua em alta e por este motivo, muitas pessoas estão procurando outras alternativas para pagarem as suas contas e não ficarem endividados. Uma pessoa empregada já sente a dificuldade de honrar suas dívidas, imagine quem perdeu o emprego.

Se você também faz parte dessa estatística, é muito importante não ficar desesperado, manter a calma é o primeiro passo para evitar mais dívidas. Avalie com tranquilidade o que você possui de reservas e dívidas, para depois traçar um planejamento para recomeçar. Saiba o que fazer para não se endividar, caso você tenha sido demitido.

Faça a soma de tudo

Pegue um papel e uma caneta e coloque o que você possui de reserva e o que ainda receberá como, por exemplo, FGTS, férias e seguro desemprego.

Não se esqueça de pôr nessa soma as dívidas que já possui, e faça a soma. Analise por quanto tempo os recursos que você possui, vai pagar essas dívidas.

Eliminem de forma imediata os supérfluos

Após analisar todas as despesas e o dinheiro que você possui, é interessante que você comece a eliminar alguns gastos supérfluos, ou seja, que são desnecessários como, por exemplo, o dinheiro gasto com cinema, fast food, TV por assinatura, viagens e outros.

Se existe alguma coisa que você mesmo pode fazer em casa ao invés de pagar, então faça. Isso vai gerar uma grande economia no final das contas.  

Não pague as dívidas de uma vez

Mesmo que você tenha recursos o suficiente para pagar todas as suas dívidas de uma única vez, não pague. Você não tem como saber o período em que vai ficar desempregado. Você pode ir negociando a dívida e tentar um prazo maior com as parcelas menores.

Não tarde a renegociação

Agora se você já tem dívidas que estão atrasadas, não tarde a renegociação. Tente renegociar o mais breve possível, isso vai evitar que essa dívida aumente virando um grande problema.

Isso deve ser feito assim que você é demitido, pois os bancos analisam o seu histórico e desse modo, fica mais fácil conseguir um crédito.  

Busque outra fonte de renda

Não fique parado esperando sem fazer nada, pois, outra oportunidade de emprego pode demorar muito para aparecer, talvez anos. Sendo assim, busque outra fonte de renda. Você pode comprar uma maquina de estampar para abrir um negócio seu e gerar lucros.

Trabalhar com estamparia tem sido a opção de muitos que perderam o emprego, uma vez que é algo que deixa um bom rendimento, só é preciso investir em uma maquina de estamparia.

Mas você também pode optar por fazer outra coisa para levantar uma grana enquanto outro emprego não aparece. De repente você gosta do novo trabalho e resolver ser o patrão, ao invés de trabalhar pra mais alguém.

Cuidado com o empreendimento próprio

É preciso ter muito cuidado com o empreendimento próprio, por que você pode gastar o único recurso que tem em alguma coisa que você não domina e dessa forma, perder dinheiro.

A vista disso, procure investir em algo que você já conhece ou que tenha alguma experiência, para que sua situação não fique pior.

Não pegue empréstimos

Para pagar as despesas evite pegar empréstimos, isso pode virar uma bola de neve. Se precisar, experimente pedir uma ajuda a família ou vender algum bem. Você também pode alugar a sua casa e voltar para a casa de seus pais ou da sua sogra.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *