Sua empresa não vai bem ? Veja o que pode estar acontecendo!

Preocupados com a conquista de clientes, investir em marketing, caprichar na produção e no atendimento, muitos empreendedores dão menos importância do que devem a diversos aspectos do negócio que são a base para que as vendas realmente se transformem em resultado real.

E quando bate o desespero de ver seu restaurante cheio todos os dias e pouco dinheiro na conta? Ou seu e-commerce bombando e nem metade do lucro no fim do mês?

Vamos falar de algumas situações típicas e que mostram atitudes fundamentais para que o seu negócio prospere em vendas e rentabilidade juntas. Sua empresa não vai bem ? Veja o que pode estar acontecendo.

Sua empresa não vai bem: ela tem um Plano de Negócios?

Criar um negócio e colocar para funcionar não é simplesmente saber o que vai vender, entender um preço, procurar os cliente, conquista-los e vender.

Na ânsia de colocar o negócio na rua muito rápido, muitas pessoas cometem um erro crucial: não criar o Plano de Negócios.

É o documento que deve mostrar, tudo em detalhes: dos produtos previstos até as receitas e despesas mensais previstas, passando pelos investimentos, capital de giro, despesas de abertura, concorrentes, precificação, características do ponto comercial – tudo deve ser pensado.

Gaste muito tempo montando, analisando e revisando o Plano de Negócios. A falta dele ou falhas vão representar problemas e perdas no futuro.

Sua empresa não vai bem: ela conhece todos os seus custos e despesas?

Um dos fatores mais comuns na realidade de vender bem e não ter lucro é não dominar completamente o planejamento de custos e despesas.

Porque na verdade o seu lucro estará na relação entre o preço de venda e o que você efetivamente pagou para produzir, porém ele só se concretiza quando os pagamentos e recebimentos acontecem.

Mas e um conserto de urgência em um equipamento? Uma compra de insumos grande aproveitando uma promoção mas não prevista? E aqueles custos que chamamos de invisíveis (estacionamento, luz, gás), você controla?

Conhecer todos os custos e despesas é fundamental que você possa avaliar o negócio em uma base de médio e longo prazo e saber porque um mês (ou meses) não dará o resultado esperado no orçamento.

Sua empresa não vai bem: seus preços estão corretos?

Precificar. Um enigma para a maioria dos empreendedores. Seus produtos estão com o preço bem posicionado?

  • Seu preço está alto demais e com isso vendendo menos do que poderia.
  • Seu preço está baixo demais e gerando margens ruins.

O impacto será diretamente no resultado e é muito complicado mudar no dia a dia (pra cima, claro). Então invista na melhor precificação possível antes de abrir as portas, que é a hora de todos verem seus preços.

Mudar no dia a dia é necessário. Tem-se um preço a pagar, mas pior será mantê-lo gerando resultados ruins.

Sua empresa não vai bem: ela tem um fluxo de caixa?

Esta ferramenta é essencial para saber quando vai sobrar ou faltar dinheiro no caixa.

É preciso atualizar diariamente as receitas, despesas e custos – data prevista a valor – para ter um planejamento futuro e saber quando seu caixa poderá ficar negativo e porquê.

Desta forma, você poderá tomar algumas medidas (ou todas):

  • Renegociar vencimentos de pagamentos e mudar a forma para compras futuras.
  • Promover a antecipação de recebimentos.
  • Verificar se tem clientes recorrentes de atrasos e inadimplentes com faturas a vencer.
  • Usar o capital de giro.
  • Negociar um empréstimo (último casos).

Um dos problemas mais comum que uma empresa pode passar é enfrentar uma crise financeira, para evitar esses problemas eu te aconselho a contratar uma contabilidade online.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *