4 produtos presentes em todo o mundo e que produzimos também no Brasil!

Com a globalização há alguns anos, não temos hoje um produto que não seja conhecida por todo o mundo em questão de dias após o seu lançamento – é só usar muito bem o marketing digital.

E nas viagens por tantos lugares, podemos perceber nas prateleiras de supermercados e grandes cadeias de lojas a variedade de lugares produtores – podemos encontrar diversos produtos brasileiros desde as grandes cidades norte-americanas até capitais e interior de vários países europeus.

E alguns produtos que são consumidos em todo o mundo podem ser ótimos investimentos e, melhor, ser produzidos aqui.

Vamos falar de 4 produtos presentes em todo o mundo e que produzimos também no Brasil.

1 – Cerveja Artesanal

O mercado de cervejas artesanais cresce consistentemente em todo o mundo, como um alternativa de sabores, texturas e de qualidade às cervejas tradicionais que pouco trazem de novidade nos últimos anos.

Outro fator que impulsiona este mercado é o desejo dos consumidores – de uma forma geral – de experimentar novos sabores e de valorizar mais a produção artesanal de uma forma geral, valorizar o empreendedorismo na contramão das grandes marcas.

O Brasil tem posição de destaque, em terceiro na produção mundial, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. O mercado interno cresceu 15% em 2016 e as projeções são de dobrar o faturamento em 2020.

São números impressionantes e também um grande número de marcas, mais do que o dobro de 2010 a 2017 (de 266 para 679). O que poderia parecer um mercado saturado, ainda tem muito espaço, não só pelo gosto do brasileiro pela bebida e pelo potencial de receita exportando.

2 – Calçados Masculinos

Este é um segmento dos mais reconhecidos no exterior quanto à qualidade dos produtos brasileiros e sempre encontram espaço para investir mais.

No Brasil o setor cresceu 4% em volume e 20% em valor em 2017, números expressivos que contrastam com o cenário ainda negativo da economia como m todo.

Na exportação, os resultados foram ainda melhores: 9,3% de crescimento em 2017 em faturamento. Os desafios neste setor são a variação cambial muito instável em 2018 por conta do cenário político e a busca constante de soluções que reduzam o custo de produção e possam tornar o produto ainda mais competitivo no exterior.

3 – Mogno Africano

O Mogno Africano é uma madeira de origem africana, que está se popularizando muito em todo o mundo e é a primeira madeira nobre cultivada no Brasil.

Ela possui excelentes possibilidades comerciais: movelaria, veículos de luxo, peças ornamentais, construção naval e marcenaria em geral para residências. E apresenta uma capacidade de adaptação em quase todo o território brasileiro e é possível planta-lo em consórcio com outra cultura e até mesmo com o gado.

Pequenos projetos de florestas de Mogno Africano apresentam alto valor agregado em áreas de 5 a 10 hectares. Uma floresta de 1 ha pode gerar cerca de meio milhão de reais no final de seu ciclo. Isto mostra o grande potencial financeiro deste produto.

Conheça mais sobre as mudas de mogno africano cultivadas aqui no Brasil.

4 – Cafés Especiais

Sem dúvidas, o produto brasileiro com maior reconhecimento e desempenho no mercado de exportações é o Café tradicional. E os cafés especiais começam a ocupar espaço.

Internamente, o mercado de cafés especiais registrou um crescimento de 20,6% de 2012 a 2016 e movimentou 1,7 bilhão somente em 2016 e com a projeção de chegar a quase 4 bilhões em 2020.

Nas exportações, a participação dos cafés especiais no total de exportações passou de 14% em janeiro de 2017 para  21% em janeiro de 2018. O café Arábica representou quase 93% deste volume.

Este é um segmento que tem grande potencial para o crescimento, pela tradição do Brasil em produzir café de qualidade – temos 35% do mercado de café comum – e pela procura das pessoas por estilos e aromas sempre diferentes – e o café não existe em muitas regiões do planeta.

 

 

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *